Home / ASSOJAF / Notícias / NOTA DE REPÚDIO

NOTA DE REPÚDIO

NOTA DE REPUDIO imagem (002)NOTA DE REPÚDIO

Abuso de poder?
falta de solidariedade?
desvalorização dos servidores?

Você também pode fazer seu julgamento.

 

Quando um oficial de justiça ganha as ruas portando decisões que fazem a diferença na vida de milhões de pessoas em todo o Brasil, levam também a insegurança de não terem sua integridade física preservada durante o cumprimento do dever.

A pergunta é:  será que aqueles que produzem  decisões na segurança dos gabinetes não imaginam ou não conhecem  a dificuldade do profissional que toca campainhas que se tornam mudas como num passe de mágica? que insiste em portas que nunca se abrem? que enfrenta estradas e ruas perigosas? será que estes podem imaginar como é o som dos latidos ameaçadores de cães de guarda?  como é o semblante dos executados – ora hostis, ora desesperados diante de uma penhora?

Medo, insegurança diante da violência iminente – esses sentimentos que acompanham os oficias de justiça brasileiros em suas diligências parecem não encontrar eco nas salas e gabinetes dos magistrados que deveriam ser os primeiros a garantir a efetividade do cumprimento da justiça no país.

O estado do Rio de Janeiro, nacionalmente conhecido pelos perigos que a sociedade enfrenta, ainda oferece mais riscos à vida desses profissionais, que no cumprimento do dever, podem acabar se tornando vítimas de diversas situações como tiroteios, balas perdidas e outras violências já conhecidas na mídia.

O colega Pietro Valério , ao tentar cumprir um mandado  no Morro da Providência,  vivenciou toda essa  angústia. Para saber mais sobre o assunto, acesse nosso site !

 

Pietro Valério representa a categoria em seus momentos de insegurança!

A Assojaf Minas está com ele!!!

 

Sobre Viviane Rodrigues