Estreia da Escola Livre de Cinema, “Finitude” tem atuação de Oficial de Justiça associado da Assojaf-MG

A Escola Livre de Cinema estreia, neste sábado (05), dois curtas-metragens com o Oficial de Justiça associado da Assojaf-MG, José Machado Bueno.

Um deles é o Finitude, que conta a história de um casal de idosos, sem filhos, que decide cumprir a missão de jogar as cinzas da sobrinha e outros parentes mortos em um acidente, em diversos lugares estipulados em cartas deixadas por eles. “O filme é lindo”, afirma Bueno.

Ator desde 1983, o Oficial de Justiça aposentado pela Justiça Federal de Minas Gerais conta que resolveu atuar para reconquistar um amor perdido. “Não aconteceu, mas ganhei um novo amor: as artes cênicas”, afirma.

José Machado Bueno conta que a partir das apresentações no teatro, surgiram oportunidades para o cinema. “Adorei tanto que fui fazer o curso de Cinema na Escola Livre de Cinema. A partir daí foram surgindo convites. Fui aceitando e Finitude completa 23 curtas, todos sem cachê mas com enorme prazer!!!”, completa.

No total, o Oficial aposentado já participou de 21 peças de teatro, 23 curtas-metragens, seis minisséries para Contos de Minas/Rede Minas e um longa-metragem. No teatro, atuou em “Os Semvergonhas”, que permaneceu por 12 anos em cartaz; e “La Nonna” que contou com apresentações pelo interior.

Ao ser questionado sobre os projetos futuros na arte, Bueno enfatiza que possui a expectativa de continuar atuando. “Tenho um roteiro pronto para o próximo ano. No entanto, precisamos arrecadar dinheiro para a prática. Nenhum desses filmes teve patrocínio. Todos foram pagos por seus idealizadores, muitas vezes alunos de escolas com o apoio dos atores que neles atuaram e das equipes”.

Os filmes ‘Finitude’ e ‘Androides e Aliens’, ambos com a atuação do Oficial associado, terão sessões neste sábado às 17h e 19:30h, no MIS Cine Santa Teresa, localizado na Rua Estrela do Sul nº 89, em Belo Horizonte.

“Esperamos todos os colegas Oficiais de Justiça na estreia. Será uma honra recebe-los”, finaliza José Machado.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo