Assojaf-MG protocoliza ofício ao Juizado Especial Federal Criminal de BH sobre julgamento nesta quarta-feira de violência contra Oficial de Justiça

A direção da Assojaf-MG protocolizou, na última segunda-feira (23), ofício junto ao 4º Juizado Especial Federal Criminal Adjunto da Seção Judiciária de Minas Gerais referente ao processo que analisa a violência ocorrida contra o Oficial de Justiça Thiago Henrique Faccion durante o cumprimento de um mandado de penhora no ano de 2017.

O Oficial do TRT da 3ª Região foi vítima de agressão e cárcere privado quando cumpria diligência no bairro Pindorama, em Belo Horizonte. Veja os detalhes AQUI

No documento, a Associação ressalta o apoio e solidariedade ao Oficial de Justiça e enfatiza que “atos e violência como os perpetrados pelo réu aviltam não apenas o Oficial de Justiça no cumprimento da ordem, mas também o juiz, do qual é o “longa manus”, e todo o Poder Judiciário, tornando-se, portanto, intoleráveis no atual estágio civilizatório”.

A diretoria solicita toda a atenção necessária ao caso “e que ao final seja feita a mais lídima Justiça”, finaliza.

A Assojaf-MG reafirma o chamado para que os Oficiais de Justiça a comparecerem na audiência marcada para às 15:40h desta quarta-feira (25). “É importante que estejamos presentes como forma de demonstrar a união e mobilização pela segurança no cumprimento dos mandados. A Assojaf-MG está atuante para garantir que casos como o ocorrido em 2017 não voltem a acontecer”, finaliza a presidente Paula Drumond Meniconi.

O Juizado Especial fica na Avenida Álvares Cabral nº 1805 – 13º andar, Santo Agostinho, em Belo Horizonte.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo