Assojaf-MG e Sitraemg integram reuniões para mobilizações contra a Reforma Administrativa e PEC Emergencial

Servidores públicos de todo o Brasil definiram um calendário para a realização de mobilizações e atos contra a Reforma Administrativa e PEC Emergencial que fazem parte do denominado ‘Pacote Mais Brasil’ e afetam diretamente o serviço público com possibilidade de redução da carga horária e consequente diminuição salarial, além da precarização do trabalho prestado ao jurisdicionado.

Segundo o Oficial de Justiça Marco Paiva, “somos atacados por todos os lados e de todas as formas. A Reforma da Previdência já foi um golpe gravíssimo para os servidores. Mas a Reforma Administrativa promete devastar o que sobrou. E para isso, faz-se necessário que nós nos mobilizemos efetivamente, de forma maciça e persistente”, afirma.

Importante ressaltar que além das reduções de carga horária e salários, as propostas também preveem o fim da estabilidade no serviço público e a proibição de reajustes, promoções ou criação de cargos.

Diante a urgência na construção dos movimentos que serão promovidos em Minas Gerais, um grupo independente de servidores promoverá, na próxima sexta-feira (14) e no dia 19 de fevereiro, reuniões na Justiça Federal e TRT, com o objetivo de definir as estratégias para a realizações de atos que reúnam toda a categoria contra a retirada de direitos.

Os eventos possuem o apoio e serão integrados pela Assojaf-MG e Sitraemg, para uma grande mobilização e combate à Reforma Administrativa, impedindo que os servidores públicos sejam alvo das maldades do Governo e a população sofra com a precariedade dos trabalhos oferecidos.

Na Justiça Federal, a conversa com os servidores acontece na próxima sexta-feira (14), das 12h às 14h, no auditório do edifício Antonio Fernandes Pinheiro, localizado na Avenida Álvares Cabral nº 1805.

Na quarta-feira (19), o grupo estará na sede do TRT das 14:30h às 15:30h. O trabalho também será desenvolvido junto aos servidores do TRE, porém ainda não há data agendada para o encontro.

“Reafirmamos a importância de lutarmos contra as propostas do Governo Federal que nos atingem diretamente. Não podemos permitir que nossos direitos sejam retirados. Fomos duramente atingidos com a Reforma da Previdência que reajustou o valor da alíquota previdenciária já a partir do próximo mês, com consequente prejuízo financeiro para os servidores. Não podemos simplesmente assistir tudo isso de braços cruzados”, enfatiza a presidente da Assojaf-MG, Paula Drumond Meniconi.

A Assojaf conclama Oficiais de Justiça e todos os servidores da Justiça Federal e do TRT a estarem nas reuniões dos dias 14 e 19 de fevereiro e contribuírem na construção desta importante mobilização. Junte-se a nós!

FIQUE LIGADO!

SEXTA-FEIRA – 14 DE FEVEREIRO
DAS 12H ÀS 14H –
Reunião com servidores da Justiça Federal

QUARTA-FEIRA – 19 DE FEVEREIRO
DAS 14H30 ÀS 15H30 –
Reunião com servidores da Justiça do Trabalho

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo